Molhar a Palavra - Ana Rita Leitão

A DANÇA DAS BRUXAS

11:30
Pelos estudantes da Pós-graduação Artes de Contar Estórias do ISEC, Lisboa

​*Participação graciosa

Ana Rita Leitão
Retrato de família
Filha de mãe alentejana e pai trasmontano, tive a feliz oportunidade de respirar e sentir as doces discrepâncias naturais que habitam nos corações destas duas regiões portuguesas.

 

Perfil
Sou lisboeta, mas de alma alentejana. O meu coração está no céu e os pés na Terra. Sou filha de Gaia. Professora, mãe, mulher, humana!

 

Habilitações
Desde o início da minha carreira como professora do 1.o Ciclo do Ensino Básico que trabalho na área da educação tentando agilizar a relação entre as estórias e os manuais escolares. O caminho já percorrido ultrapassa a realização de pesquisas, várias formações académicas - Mestrado em Formação de Professores e Pós-Graduação em Educação Especial – e, neste momento, estou aqui a deslumbrar-me com a “magia das estórias”. Alimento a minh`alma com a Pós-Graduação em Arte de Contar Estórias! Também já fiz caminho pela Formação de Biodanza e pelo Happy Yoga...

 

Tempos Livres
Para além das leituras, gosto de cozinhar e tratar das plantas. Amo a natureza e tudo no que ela habita. A minha ligação com os animais é de um respeito profundo! A dança, a música, a arte e o desporto vivem comigo e com o meu amado filho!
Sou grata à vida por me presentear com a imensidão de tesouros que permitem o meu desenvolvimento e enriquecimento da minha condição humana. Vou caminhando e colecionando!

 

Referências (Fernando Pessoa)
“Tudo vale a pena quando a alma não é pequena”

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto